sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Weekend noight

Weekend noight
(A Córdova) Weekend vem, weekend vai Amigos batem um call Os bares abertos logo ali... Querendo dizer alguma coisa E dizem... A noite me persegue com seus encantamentos E luzes e chuvas e ventos... O desejo vem e vai e vem e vai... Vem pra perto de mim, vem... O farol e o chuvisco brigam contra os pára-brisas
Uma garrafa de rum na mão e uma pedra olhando pra mim A noite promete, está só começando Mas eu não prometo nada
jr
(Imagem disponível no blog Floquinhos de Algodão: http://floquinhosdealgodao.blogspot.com/2008_08_01_archive.html) .

4 comentários:

Helena C de Araujo disse...

Olá, Nilson! Vim conhecer seu blog... E, de cara, me deparei com esse poema belíssimo! Gostei! Grande abraço!

Palatus disse...

Oh, Helena, obrigado, volte sempre!

Raquel Oliveira disse...

Adorei este espaço aqui...
Passarei sempre...
Vai ser muito bom ter seus comentarios no meu blog ainda mais vindo de um professor linguístico.
Obrigada

Palatus disse...

Oi Raquel,

O prazer é meu em ter sua presença e comentário aqui, as críticas também me são benvindas.É assim que o Palatus cresce e melhora.
Um forte abraço!